Chá Verde (Camellia sinensis) - A Erva Predileta Do Burguês


Percebi que algumas pessoas andavam interessadas no chá verde. Eu me considero um tipo de expert no assunto. Então pensei que talvez devesse fazer uma postagem sobre essa maravilhosa erva para ajudar na saúde dos burgueses de bem que acompanham este sítio.

A primeira coisa que deve ser entendida é que os chás não são todos iguais, ainda que tenha colocado no título chá verde, vamos abordar o conteúdo de modo muito mais amplo e da próxima vez que você for falar de chá, será um expert como eu.

Chá é sempre uma bebida feita exclusivamente com as folhas da Camellia sinensis, mesmo vindo da mesma planta os diferentes modos de processá-la acabam gerando diferentes gostos, cheiros, cores, densidades de nutrientes, etc... O mundo dos chás é vasto e muito rico, uma vez dentro você não vai mais querer olhar pra trás. Vejo muitos consumindo café e exaltando suas propriedades. Tudo o que posso dizer é que chá é o melhor café, e ao conhecê-lo você estará entrando em uma das 36 câmaras do estilo de vida burguês.

Preparando o chá

Parece fácil e realmente é, mas poucos fazem certo. O primeiro passo é esquentar a água até que ela comece a se movimentar, mas não ferver completamente, pois quando muito quente ela pode matar alguns nutrientes da nossa santa bebida e não queremos isso. Coloque um saquinho ou 2g da melhor erva que tiver diretamente na xícara ou em na garrafa térmica, complete com água bem quente (mas não fervendo) e deixe a magica acontecer por algum tempo. Pode usar o papel de identificação do chá para dar uma mexida e certificar-se que a fusão está acontecendo. Alguns dizem que não é bom deixar mais do que 3 minutos, pois libera muito tanino, mas eu gosto de deixar. Às vezes fecho a garrafa com o saquinho de chá dentro para que a osmose ocorra prolongadamente. Em terceiro e último lugar, e mais importante, não coloque açúcar. Chá puro é um gosto adquirido que todo o burguês deve desenvolver.

Principais componentes

Cafeína: ingrediente amargo, um pouco diurético, promove aumento de energia, induz ao estado de alerta, previne ressaca e ainda alivia o estresse;
Teanina: excelente nootrópico, atua como um agente relaxante, sem promover a sedação. A combinação de cafeína com L-teanina é perfeita para burgueses, por criar uma sinergia ao promover cognição e atenção. Quanto melhor for chá, mais L-teanina ele terá;
Polifenóis: taninos/catequinas, responsáveis pelo gosto adstringente do chá, possuem fortes propriedades antioxidantes, bactericidas e também agem como desintoxicadores;
Minerais: reguladores biológicos convencionais, ajudam a alcalinizar o sangue;
Vitamina B: (B1, B2, niacina e ácido pantotênico), ajudam no metabolismo dos carboidratos, também promovem a secreção de fluidos digestivos e protegem as membranas mucosas.
Vitamina C: presente em grandes quantidades, previnem a formação de melanina, inibe a oxidação e aumenta a resistência do corpo à doenças.
Vitamina E: possuem forte ação anti-envelhecimento;
Saponinas: ingrediente especial contido no chá, que possui forte ação anti-inflamatória.

Prós

  1. Limpa a mente, com agilidade. Posso beber 20 coquetéis na noite anterior, e mesmo assim, ao beber uma xícara de chá verde, estarei fazendo cálculos como um asiático e negociando como um judeu.
  2. Gera um estímulo limpo. Realmente limpo.
  3. Limpa seu sistema. Possivelmente o detox mais acessível e eficiente do mercado.
  4. Acende suas sinapses. Com uma xícara de chá verde e um pouco de tabaco orgânico eu seria capaz de discutir com o próprio Satã. E vencer.
  5. Previne câncer.
  6. Não tem os downsides do café, como dor de cabeça, mas fornece tanta energia quanto, por ter mais cafeína.
  7. Potencializa a queima de gordura.
  8. Limpa e rejuvenesce a pele. Definitivamente um dos melhores produtos anti-envelhecimento do arsenal burguês.
  9. Melhora a memória, ajudando você a lembrar o nome daquela modelo que conheceu ontem.

Contras

  1. Interfere temporariamente a absorção de ferro, mas o efeito se vai em cerca de 40 minutos.
  2. Reduz a testosterona se consumido em grande quantidade por muitos dias seguidos. Para quem se restringe a uma xícara ou duas ao dia, a testosterona pode até aumentar.
  3. Quando consumido em forma de extrato, pode causar danos ao figado. Sempre opte pelo método tradicional.

Chá branco


O menos processado de todos os chás, portanto, menos oxidado também. A única diferença entre o chá branco e o verde, é que o primeiro é feito com folhas mais jovens. Ele é colhido apenas uma vez ao ano e pode conter mais nutrientes potencialmente ativos. O gosto é levemente mais doce e suave. O único problema, é que não encontro muitas variedades de chá branco, portanto não da pra saber qual é premium e qual é para enganar o gado, enquanto o chá verde possui diversas variedades. Aparentemente, o branco é o que mais se beneficia da adição de limão.

Chá verde



Muito levemente mais oxidado do que chá o branco, ele também é não fermentado, este é o meu predileto. Possivelmente o chá mais equilibrado e eficiente para os interesses de um burguês. Fácil de ser encontrado e com preços para todos os bolsos, esta é a bebida não alcoólica mais  importante do nosso arsenal.

Chá de Jasmim



Trata-se de chá verde, com folhas de Jasmim. Dizem que o cheiro tem propriedades terapêuticas. Não sei dizer. Contudo, o fato de ser a bebida mais popular da Ilha de Okinawa (cuja demografia concentra a maior população de idosos com mais de cem anos do mundo) me faz crer que existe alguma correlação. Se tomar esse chá naturalmente enriquecido com calmantes seja o necessário para se manter mais tempo no jogo, então ele merece estar na nossa lista.

Chá Pu'er (Pu-erh)


Conheça o vinho dos chás. Também chamado de chá vermelho, o Pu'er é a escolha oficial dos burgueses orientais quando se trata de investimentos buy and hold. Chegando inclusive a formar uma bolha, que já estourou, e está sendo formada novamente. As folhas vem de uma variação da Camellia sinensis, costumeiramente colhida na província de Yunnan. Inclusive a bebida foi nomeada Pu'er graças ao nome da cidade onde era produzida. A grande diferença é no modo como é processado, primeiro passando por uma fermentação, secado ao sol e depois sendo curado (envelhecido) por anos. Burgueses com bala na agulha podem comprar alguns com mais de 30 anos.

Chá Oolong


Conhecido como 乌龙茶 (wūlóng chá, black dragon tea ou dragão negro), este chá é bem especial. Com uma oxidação que abrange entre 10% e 70% ele é considerado o intermediário entre o preto e o verde. O gosto, pra mim, também fica entre o chá verde e o chá preto. Por não ser completamente fermentado ele ainda mantém um certo número de anti-oxidantes, em quanto possui mais cafeína que o chá verde.

Chá Preto 

É o mais fermentado e oxidado. Rico em cafeína, fornece boa energia, mas geralmente possui baixo número de antioxidantes. É o mais próximo de café e tem um gosto relativamente mais amargo que os outros chás. Não recomendo para uso diário.

Quanto custa e onde comprar?

Como disse no início do post, esses chás são mais comumente consumidos na Asia, portanto não vejo motivo em comprar de comerciantes ocidentais, exceto se forem burgueses. Certamente existem sítios online que vendem, mas como moro em São Paulo, meu lugar predileto para comprá-los é o bairro da Liberdade. Lá existem três lojas que indico para procurarem e cotarem os chás: Marukai, Casa Bueno e Empório Azuki. Todas elas possuem chás, sendo que alguns tipos de variedade e marca você só encontra em uma delas, o que nos obriga a ir em todas. Felizmente, elas são todas vizinhas. Tirei fotos dos preços (jun/2018) para vocês terem uma ideia.




Chá verde mais em conta, vale a pena pegar essa caixa de 100 sachês. Indico que se use 2 sachês desta marca.

Semelhante ao chá verde acima, porém vem 5 sachês a mais e é orgânico, por isso custa o dobro...


Este é o melhor chá verde de todos pra mim. Perceba a diferença de preço de uma loja vizinha para a outra, quase 20% a menos...

outra marca premium de boa qualidade

Às vezes compro o chá verde em folhas, não em sachê e monto o sachê em casa (precisa ser comprado separadamente, mas é bem barato).



Chá de Jasmim e Oolong em lata, só folhas, sem sachês. Estes também são chás premium de ótima qualidade

Essas lojas sempre fazem promoções, principalmente quando frequentadas durante a semana.

Os chás são uma das armas mais subestimadas do arsenal Burguês, não cometa o erro de desprezá-lo, pois coisas boas acontecem com quem os ingere. Seja para estudar, treinar, sair, desintoxicar o corpo, discutir um tema, lembrar o nome daquela modelo que te deu mole, fechar negócios ou enfrentar uma blitz de policiais que suspeitam que você está alcoolizado mas não podem provar por estarem sem o bafómetro. O chá estará lá para te salvar. Não suficiente, não esqueçam de me agradecer quando começarem a dizer que sua pele está fantástica. Existem outras surpresas positivas que eu adoraria falar sobre, mas como estou atrasado para devolver algumas fitas de vídeo vou deixar que descubram sozinhos ao entrarem em uma das 36 câmaras do estilo de vida burguês.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

Comentários

  1. Muito bom, Burguês. Excelente dica, não sabia que o chá verde contava com tantos benefícios.

    ResponderExcluir
  2. Coincidentemente estou também descobrindo o mundo dos chás e o chá verde está sendo um dos que eu mais tenho tomado, por perceber claramente os benefícios que me tem causado, como a energia que proporciona. O chá mate fica em segundo lugar para mim. Bom post!

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post Burguês!!! Você sabe de alguma loja online que vende, já que não conseguimos ir a SP? Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. talvez aqui meu caro:
      http://liberdadeshop.com.br/index.php?option=com_virtuemart&page=shop.browse&category_id=28&Itemid=53

      São um pouco mais caros do que se comprados pessoalmente, mas acho que ainda valem a pena.

      Excluir
    2. Valeu!!! Vou dar uma olhada nos varejões daqui se acho, aí caso eu não consiga vou comprar um estoque disso para valer a pena o preço do frete kkkkk um abraço!

      Excluir
  4. Ótimo post burguês!! Agora em relação ao chá Mate, vc sabe algo a respeito? É o meu chá favorito junto com o preto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, não sei muito a respeito do chá mate, também gosto bastante e sei que é estimulante. O chá preto é da mesma familia do verde, tem boa parte das mesmas caracteristicas, mas é mais processado.

      Excluir
  5. Caro Burgues,

    Esses chas comprados em saches nos supermercados valem a pena? Já me falaram que esses vendidos em supermercados são muito industrializados e boa parte das ervas perdem suas propriedades.

    Alguns chas são amargos. Vc mistura com alguma coisa?

    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, acredito que não vale a pena.
      Eles são muito diferentes e industrializados sim, perdem boa parte dos nutrientes. Sugiro que tome apenas japoneses ou chineses. Sobre o gosto, alguns chás são mais leves, como o Sencha Japanese Green Tea, cujo gosto desce bem fácil, outros são mais amargos, mas em todos os casos eu tomo sem adicionar nada. Pode-se dizer que é um gosto adquirido.

      Excluir
  6. excelente post e dicas.

    já ouviu falar do matchá? o gosto não é ruim e promete maravilhas.

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É um excelente extrato concentrado de chá verde, riquíssimo em cafeína, l-theanina e antioxidantes. É bem eficiente, mas pode causar danos ao figado e ao rim. É um energético mais natural.

      Excluir
  7. Hibisco e hortelã também trazem grandes benefícios!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Roger da Cidadezinha

Os 10 Mandamentos Dos Burgueses Altamente Eficazes