Como Investir Em Ouro?


Na semana passada foram expostos ótimos motivos para você considerar investir em ouro indo na direção contrária do gado investidor mainstream. Muitos de vocês devem ter se perguntado qual é o caminho das pedras para tomar tal ação. Não se preocupem. Vou mostrar pra vocês.

Joias
Um ótimo jeito de investir em ouro é comprando joias. Você pode entrar em qualquer joalheria por aí e sair com uma peça excelente. O problema é que não é tão fácil encontrar mercado para revendê-las, tal como os preços não oscilam de acordo com o mercado financeiro. Pode ser ainda que seja necessário pagar um avaliador para ajudar a fechar negócio. Esse tipo de dor de cabeça é coisa para gado, não para burguês, o que inviabiliza qualquer possível investimento e torna joias uma categoria voltada para uso e não construção patrimonial.

Ouro na Internet
É possível comprar ouro em diversos sites, e muitos deles até podem ter boas oportunidades, o problema é que raramente você consegue manter-se comprando uma boa quantidade de excelente qualidade. Pessoalmente não vejo porque arriscar comprar algo de baixa qualidade. Risco demais.

Ouro na BM&FBovespa
Este é o melhor jeito. Basta acessar sua corretora e comprar diretamente pela bolsa usando os códigos:

OZ1D: contrato de 250g (alguma liquidez)
OZ2D: contrato de 10g (baixa liquidez)
OZ3D: contrato de 0,225g (baixa liquidez)

Basicamente, você multiplica pelo valor, por exemplo se OZ1D estiver R$140, como o contrato é de 250g fica 140*250=R$35.000,00. O preço da corretagem é na faixa de 0.2% da transação. A custódia é de 0,07% ao mês (bem cara), quase 25 reais/mês por lote... O legal de se comprar ouro pela bolsa quando se é brasileiro, é que ele valoriza com o dólar por tratar-se de um ativo cujo preço é ditado pelo mercado internacional, sendo um bom ativo para os cíclicos momentos ruins que atingem a economia brasileira. Além de tudo, vender ouro é isento de IR até R$20.000/mês.

Mineradoras, ETFs e o Mercado Internacional
Este é meio óbvio para burgueses internacionais. Um dos melhores jeitos de se investir em ouro é comprando mineradoras, ouro ou ETFs em mercados estrangeiros. Algumas ETFs mantêm uma taxa em mineradoras e uma taxa em metais preciosos, outras são mais focadas em apenas um dos ativos(GLD), outras investem em transporte, manuseio, e seguro de ouro (IAU). Existem ETFs para todos os gostos, e vale a pena dar uma olhada nelas.

Use seu dinheiro com sabedoria, é importante arriscar e investir com ambição, mas sem deixar de se preocupar com os riscos diante das disfunções mercadológicas criadas pelos estados. Comprar e manter ouro em carteira é uma ótima diversificação para alguns

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

Comentários

  1. Burgues, o grande problema com as joias é que elas tem um valor próprio independente do ouro. Se a grama custa 140 reais, uma joia passa fácil dos 200. Mas a questão é que ela mantem o valor, uma joia sempre sera uma joia.
    Eu tenho em pó, facil de guardar e fracionar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso é verdade. Mas se forem altas quantias existe ainda o perigo de roubarem, com etf's não acontece esse tipo de coisa.

      Excluir
    2. É um medo constante que tenho, mas, tendo em vista onde fica armazenado, tenho um pouco mais de paz. A não ser que usem dinamites haha (mudei o nome)

      Excluir
  2. Morei em São Gabriel da Cachoeira/AM em 2016 e 2017.
    Sei de gente que comprava ouro dos garimpeiros, inclusive de indígenas (maioria dos garimpeiros), por R$ 85,00 o grama. Levava para Manaus e revendia para um ourives por R$ 105,00. A cotação internacional estava em 130 a 140. As vezes nem era o cara que levava, ia o filho de um ourives de SGC mesmo (para fazer outras coisas em Manaus) e cobrava R$ 3,00 por grama para levar. O cara pagava 8.500 em 100 gramas, revendia na outra semana por 10.200... Ganho de 20% por operação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter os contatos certos sempre será o meio mais lucrativo para qualquer operação financeira. Muito interessante esse esquema.

      Excluir
  3. Faço com minha filha o seguinte. Todo ano dou de presente uma joia para ela e quando ela tiver 18 anos terá 18 jóias. Isso começou como brincadeira quando ela nasceu comprei um brinco no ano seguinte o mesmo brinco estava 50 reais mais caro aí pensei daqui 18 anos vai estar valendo quanto um brinco desses? A maioria dos pais dão presentes sem valor no tempo para os filhos. Aqui dou menos brinquedos e mais jóias.

    ResponderExcluir
  4. Olá Burguês,

    O problema da jóia comum é que o preço que você paga é muito mais pelo design do que pelo valor do metal. Fora que é uma liga que vai prata e cobre além do ouro.

    Então é impraticável como investimento.

    O lugar que eu encontrei as jóias mais próximas do valor do ouro é aqui: https://www.mene.com/

    Cerca de 80% do preço que você paga é ouro 24 quilates.

    Abçs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Roger da Cidadezinha

Os 10 Mandamentos Dos Burgueses Altamente Eficazes