Business


Mal posso sair de casa, seja dia, noite ou madrugada, que as pessoas já começam a se amontoar em volta de mim com a clássica pergunta: Burguês, quando você vai abrir seu próprio negócio? Todos querem uma fatia do bolo.

Em um primeiro momento, estava convicto de que jamais abriria meu próprio negócio no Brasil (muito risco pra pouco retorno), ainda mais com os consistentes ganhos isentos de impostos que tenho tido com ações. Eu estava sendo muito injusto. Imagina se Mike Tyson nunca tivesse lutado boxe? Piquet nunca tivesse corrido na F1? Christian Bale nunca tivesse sido Patrick Bateman em American Psycho? Bernard Madoff nunca tivesse aberto um banco de investimentos? Maluf nunca tivesse governado São Paulo?

Pra começar o importante é saber responder: Qual é o negócio ideal para o Burguês? Dinheiro definitivamente importa, mas é um fator coadjuvante. Prestígio, respeito e influência são o foco. O negócio tem que atrair bons contatos e passar uma imagem de sofisticação, tradição e exclusividade, o que restringe em muito as opções. A necessidade de remeter a algo tradicional dificulta inovações, nos levando à melhor opção: um fino restaurante com um luxuoso bar e fumódromo. Dórsia. Grave o nome.

O único jeito de conseguir uma mesa será fazendo uma reserva previamente. Chegando ao estabelecimento o doorman direciona o cliente para o bar onde começa o processo de lubrificação mental. Dois martínis. Um uísque. Charuto.
- Sua mesa está pronta senhor.
A aconchegante mesa com cadeiras acolchoadas confortáveis inseridas no perfeito ambiente de mármore branco e bege, com detalhes em ouro e acabamento negro, luminárias da arquitetura stalinista imperial com luzes indiretas e pianista ao vivo tocando As Time Goes By completarão a inesquecível experiência juntas dos selecionados pratos de nossa cozinha.
- Nossa massa esta noite é ravióli de lula em caldo de capim limão com profiteroles de queijo de cabra. Também temos salada Caesar de rúcula. Para entradas um bolo de espadarte com marmelada de cebola, peito de perdiz raro, assado em coulis de framboesa e coelho de criação livre grelhado com batatas fritas com ervas.
Claro que é conversa afiada. Eu jamais abriria um negócio de tão baixa qualidade. De fato, burgueses não nascem para trabalharem arduamente em negócios próprios, mas sim para se tornarem donos de geradores de receitas passivas e serem carregados por concubinas enquanto seus súditos o abanam. Além do mais, como alguém poderia se tornar um playboy internacional possuindo fortes raízes e dependências em algum país? Como dizia Sam Walton:
"É sempre melhor construir relógios à dizer a hora."
Não cometa o terrível erro de focar apenas na construção de seu negócio, muito menos de seu patrimônio. Busque sempre acumular geradores de receita passiva. De preferência com alta liquidez. Este é o único caminho para deixar pra trás a vida de gado que seus antecessores perpetuaram. E, de quebra, gera uma boa sensação. Estou me sentindo bem nesse caminho. Como costumam dizer os universitários e profissionais das mais fracassadas áreas: "Não me vejo fazendo outra coisa."
Eu não poderia concordar mais...

Daqui pra frente todos os meus projetos e negócios, sem exceção, serão digitais ou deixarão de existir. Percebo que mais do que nunca tenho que ser líquido e me preparar para deixar o Brasil e focar na criação negócios globais, com baixo custo de manutenção. Não suficiente, não estou disposto a arcar com o alto custo de uma jornada de trabalho de mais de 40 horas semanais. Preciso dormir bem, comer bem, não pegar trânsito, treinar durante a tarde, ler livros de negócios, tomar sol no clube e estar disponível para que coisas boas aconteçam. Caso contrário, meu dia, semana, mês, estará arruinado.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

Comentários

  1. Meu plano é continuar acumulando ativos até atingir a IF. Uma vez alcançada, continuarei trabalhando (meu trabalho é confortável e paga bem) mas aumentarei o padrão de vida. Já pensei em uma loja virtual mas prefiro esquentar a cabeça com meus trades ou planejando uma vida mansa. Meu trabalho é burocrático e já consegui desenvolver um programa que agiliza 70% dele e que evolui cada vez mais (que jamais vou compartilhar com meus colegas). Talvez um dia eum monte alguma empresa mas por hora só penso em aproveitar mais da vida.

    ResponderExcluir
  2. Our pasta this evening...
    is squid ravioli in a lemon grass broth...
    with goat cheese profiteroles, and I also have an arugula Caesar salad.
    For entrees this evening, I have swordfish meatloaf with onion marmalade,
    rare roasted partridge breast in raspberry coulis with a sorrel timbale.
    ...and grilled free-range rabbit with herbed french fries.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus, eu odeio este lugar. Restaurante de mulher.

      Excluir
    2. É o Reed Robinson ali?

      Excluir
    3. É o Paulo Allen.

      Excluir
    4. Aquele não é o Paulo Allen. Paulo Allen está do outro lado do salão.

      Excluir
    5. Eles não tem um bom banheiro para se cheirar cocaína aqui...

      Excluir
  3. Olá Burguês, também estou focado nisso e com a mesma mentalidade. Recomendo o livro "trabalhe 4 horas por semana". Estou no momento criando um negócio que no Brasil não funciona em razão da alfândega e correios. Você infelizmente vive em uma prisão sem barras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não por muito tempo amigo, vou escapar dessa penitenciária de 8.516.000 km². A fuga está planejada.

      Citação de livro excelente, também o recomendo.

      Excluir
    2. CF, entendo que esteja ocupado com seu novo projeto, mas não abandone o blog rapaz. Posta alguma coisa la caralho, please ;)

      Excluir
  4. Recomendo fazer pesquisas de algumas startups e investir nelas pois serão o futuro, agora caso queira alguma coisa fixa só por ter eu acredito que uma loja de carros de luxo seria o ideal, agora um restaurante exclusivo me parece uma boa ideia também, porém só uma empresa global te deixará extremamente rico, sendo assim uma startup que um dia deixará de ser uma e irá falir muitas empresas que não souberam aderir a tecnologia a seu favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definitivamente, empresas de tecnologia é onde se encontram as maiores oportunidades...

      Excluir
  5. "Não cometa o terrível erro de focar apenas na construção de seu negócio, muito menos de seu patrimônio. Busque sempre acumular geradores de receita passiva. De preferência com alta liquidez. Este é o único caminho para deixar pra trás a vida de gado que seus antecessores perpetuaram."

    Disse tudo, Burguês! O foda de abrir negócio aqui, além do medo, é a burrocracia de merda junto com a voracidade de nosso governo em nos sugar pelos impostos.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente meu caro, o Brasil não é para amadores...

      Excluir
  6. "De fato, burgueses não nascem para trabalharem arduamente em negócios próprios, mas sim para se tornarem donos de geradores de receitas passivas e serem carregados por concubinas enquanto seus súditos o abanam."

    Lembrei de uma família de portugueses que tem aqui no bairro. Os caras ralam muito, acordam cedo para começar a fazer a comida do restaurante, servem almoço até umas 14h da tarde, depois já começam a arrumar as coisas para abrir a pizzaria / bar (no mesmo estabelecimento) e funciona até a meia noite mais ou menos. Apesar de terem funcionários, todos da família estão muito envolvidos no processo, como ficar no caixa, trazer as mercadorias, até a lavagem do chão.
    Como era de se esperar, são ricos. Com certeza mais do que aparentam, como o bairro é perigoso, ninguém ostenta nada. Mas sinceramente não sei se vale a pena, talvez para o patriarca, que começou com poucos recursos e agora pode oferecer educação de qualidade para os filhos buscarem coisa melhor. Mas por enquanto os filhos seguem o caminho dos pais, a esperança deve estar nos netos talvez.

    ResponderExcluir
  7. MALUF GOVERNADOR 201811 abril, 2018 00:17

    "Maluf nunca tivesse governado São Paulo?"


    Não diga isso nem de brincadeira, caro Burguês...

    ELE FEZ, ELE FAZ! A volta ao Palácio dos Bandeirantes é questão de tempo.

    ResponderExcluir
  8. Fala Burgês ! A idéia é boa mas como alguem sem muito dinheiro em caixa ou reserva consegue bolar um plano para ter uma renda passiva ? Não seria necessário trabalhar para ter uma renda antes ?
    Gostei muito do texto e da foto do restaurante, até fui procurar no Google maps e a região é legal . É famoso esse restaurante em si ou só arquitetura dele te atraiu ?
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arqueiro meu caro,
      conheço gente que trabalhou apenas no ramo digital desde o começo, em seus negócios próprios, usando plataformas gratuitas, e foi capaz de se consolidar!
      Talvez eu conte alguns exemplos mais pra frente.
      Sobre o restaurante, foi uma excelente pergunta amigo!
      Trata-se de um café bem tradicional do bairro Montmartre de Paris, fica perto do museu de Montmartre, da Mansão Rosa e da praça do Tertre. Contudo, normalmente, quando as pessoas veem a imagem, costumam confundir o com o Le Pure Café.
      Quando for à Paris não deixe de passar por estes lugares, vale à pena.

      Grande abraçoo!

      Excluir
  9. Se você está procurando apartamentos de alto padrão na praia, conheça a Riviera de São Lourenço. Um ótimo lugar para investimentos! Acesse: www.pratesimoveisriviera.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como Arrumar Ombros Protusos?

Ingratidão Humana