Oliver Peoples Glasses


Recentemente um leitor me enviou uma dúvida. Ele estava em um lounge aberto numa noite de quinta-feira, saindo com lindas modelos e fortalecendo seus contatos, quando aconteceu uma oportunidade de negócios inesperada. Na hora de assinar os contratos ele não conseguiu ler direito as pequenas letras. Imediatamente suas companhias se dissiparam e os negociadores fecharam com outro burguês. Foi aí que ele percebeu que seus olhos não eram mais os mesmos e que seria necessário usar óculos ou lentes de contato. Ele estava desesperado. Querendo ouvir uma última opinião veio até mim para saber se isso iria afetar seu estilo e sua qualidade de vida de burguês.
Admito que me sinto como um médico passando o diagnóstico para um paciente com câncer em estágio IV. Não vejo como contornar a situação, a não ser adotar uma linguagem simples e direta: infelizmente, usar óculos vai afetar sua qualidade de vida de burguês como um todo e usar lente será tão ruim quanto.

Eu também já passei por isso. Sofri discriminação por anos. Passava dias em lojas de óculos testando incontáveis modelos. Tom Ford, Armani, Ray Ban, Michael Kors... Todos péssimos. Não suportava mais aqueles vendedores fajutos tentando me convencer a comprar peças de baixa qualidade por preços exorbitantes.

Tudo mudou quando, ainda nos anos 90, conheci o trabalho do visionário Larry Leight, diretor criativo da marca de óculos Oliver Peoples. Tão à frente de seu tempo. Acompanhei sua história, lançamentos, entrevistas, altos e baixos. Posso afirmar hoje, sem medo, que Oliver Peoples é a única e verdadeira marca de óculos de grau feitos para burgueses.

"Paulo Allen has mistaken me for this dickhead Marcus Halberstram. It seems logical because Marcus also works at P&P and in fact does the same exact thing I do and he also has a penchant for Valentino suits and Oliver Peoples glasses. Marcus and I even go to the same barber, although I have a slightly better haircut."
Usar uma peça dessas é atingir o estado da arte da moda facial. Todos passarão a tentar descobrir o que há de diferente e positivo no seu visual, mas poucos se darão conta que o poder vem da arquitetônica armação que carrega classe em suas sutis formas. Os óculos combinam perfeitamente com ternos, camisas sociais, vinho ou Mini Coopers. Caíra bem mesmo que você seja um burguês "descolado" que se veste de maneira simples com calça jeans, casaco de couro e tênis All Star.


Tenha em mente que, ainda que a marca seja excelente, ainda é necessário um cuidado especial na escolha do modelo. Minhas sugestão é que se escolha um modelo entre estes: O'Malley RX (modelo de escolha do humilde autor que lhes escreve), Riley-R, OP-L 30th ou Calidor. Opte pela cor que mais lhe agradar, apenas não escolha nenhuma cor que eu não escolheria. Por último, mas não menos importante, certifique-se de conseguir um paninho de limpeza extra e pague em dinheiro.



O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo.

Comentários

  1. sou um beta - , vou no camelo e comprar qualquer armaçao de $30

    ResponderExcluir
  2. Meus olhos começaram a me trair. Mesmo tendo passado no exame de visão para a renovação do ASO, não consigo mais ler letras miúdas e o dia nos meus relógios.

    Tiago Carvalho

    ResponderExcluir
  3. Prezado Burguês, Onde eu consigo comprar um modelo igual ao do Patrick Bateman???? Obrigado!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal é comprar quando for aos EUA, apenas busque a loja mais próxima no https://oliverpeoples.com/store-locator/

      Excluir
  4. Óia mas que boniteza!!! Eu usei óculos por muito tempo, o foda é que usei justo na época em que quem usava era nerdão, CDF, otaku, enfim, referiam a você de forma pejorativa. Hoje em dia tá na moda, principalmente os fundos de garrafa, é dureza...

    Mas se referindo ao post, esses óculos são muito bonitos, realmente ornam com pessoas bem sucedidas. Queria dicas mesmo de óculos de sol, os rayban da vida custam muito caro. Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Tenho leve astigmatismo mas consigo trabalhar, estudar e ler meus livros sem eles. Resumindo, não sinto falta. Quando uso os óculos por algumas horas tenho a impressão que meus olhos se adaptam e depois que os tiro não consigo ver como antes (melhora a curto prazo mas piora a longo prazo). Tenho que ficar um tempo sem eles para voltar à condição anterior. Desconfio que o uso desses óculos é danoso para minha visão. Estou contando com os avanços da tecnologia para resolver problemas como esses pela raiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, tenho a mesma coisa meu caro. Ainda é pouco, mas é o suficiente para embaçar a visão das coisas que estão mais distantes...

      Excluir
  6. Burguês, você usa alguma VPN? Acessa pelo PC ou celular?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Roger da Cidadezinha

Os 10 Mandamentos Dos Burgueses Altamente Eficazes

Mayfair Park Residences