O Melhor do Brasil


Diante da última notícia achei que seria uma boa ideia fazer uma postagem de despedida, afinal não sei quanto tempo vou ficar fora, pode ser alguns meses, anos ou até mesmo para sempre. Meu primeiro impeto foi escrever sobre o que mais me incomodava e servia de motivo para partir. Mas achei melhor fazer diferente. Levantei uma lista das coisas que mais gosto no Brasil.

Gastronomia

Eu sempre fui fã dos pratos oferecidos pelo Brasil afora. Sejam de origem brasileira ou estrangeira, as comidas são saborosas e possuem um preço acessível. Isso sem contar a abundância. Aqui na Espanha nunca vi rodízios de pizza nem de comida japonesa, e comer em um bom restaurante significa torrar 20 euros.

Variedade de Alimentos


Ainda falando em comida brasileira, uma coisa que sempre admirei no Brasil é a quantidade de diferentes frutos, verduras, vegetais, entre outros alimentos dos quais eu tinha acesso. Nos últimos anos quando morava no interior, meu contato trazia em casa mensalmente durante um domingo gordura de porco caipira, mel silvestre colhido na floresta, diversas frutas secas artesanais e outras maravilhas que dificilmente serão encontradas em outros lugares, e se tiverem com certeza não vão sair baratas como eram.

Baixo nível

O baixo nível dos brasileiros se aplicava à quase tudo: intelecto, consumo, roupas, músicas, e por aí vai. Em alguns momentos isso era triste, em outros irritante, por outro lado isso tem seus benefícios.
  • Televisão

Sempre me diverti com alguns programas únicos como o fantástico Pânico na TV e Hermes e Renato. Como eu poderia esquecer também dos filmes brasileiros antigos de baixíssima qualidade vide Onda Nova (1983) e Amor Estranho Amor (1982), da foto acima, sem poder esquecer do Noite Vazia (1964) que concorreu a Palma de Ouro em Cannes em 65. Isso é bom demais quando se é um adolescente, em contrapartida mal posso imaginar como deve ser chato assistir à televisão inglesa.
  • Roupas
Sempre que viajo pra fora vejo o quão competitivo os homens são em questão de vestimentas. A menos que esteja com um terno feito sob medida dificilmente vai se destacar, você no máximo será "normal". No Brasil, uma calça jeans, um tênis novo e limpo, uma camisa social e você vai estar bem para ir para virtualmente qualquer lugar.
  • Intelecto
Anos atrás quando comecei no meu primeiro emprego no banco, lembro que eu era um pouco inseguro, mas bastou pouco tempo para eu perceber como as pessoas eram incapazes. Até hoje não sei explicar o porque, mas foi muito fácil me destacar. No meu andar, que era composto por diversas áreas e tinham 35 pessoas, só eu e mais uma pessoa (gerente) falávamos inglês. Não que seja uma surpresa, já que apenas 1% da população tem inglês fluente. Isso vale para quase todos os ambientes onde fui. Tenha em mente que não sei se nos outros países as coisas são tão diferentes. Matemática e conhecimentos gerais concentram-se no poder de uma população ainda mais seleta.
  • Finanças
Com o 74º lugar no ranking global de educação financeira, fica fácil entender porque os juros atingem níveis maravilhosamente altos. Fora que faz bem pro ego ver a reação do gado quando começo a falar sobre ETFs, FIIs/REITs, ações, opções, entre outros produtos financeiros.

Música


Sempre fui um grande fã de música brasileira. ouço Bossa nova quase todos os dias pela manhã. Gosto de diversos cantores brasileiros como Tim Maia,  Marisa Monte, Gabriel Pensador, Seu Jorge, Skank, Gilberto Gil, Caetano Veloso (desvirginador de novinhas), Engenheiros do Hawaii, Zé Ramalho, Leoni, entre outros. Sendo minha banda predileta Capital Inicial, Acústico MTV é sensacional.

ps: eu não dou a mínima pra opinião política deles.

Mulheres, festas e degeneração

Nem de perto eu tive a vida sexual que gostaria na adolescência, mas tenho que admitir que poderia ter sido muito pior se eu vivesse em outro país mais sério. Não bastando o deserto que os gringos vivem, a maioria deles nunca vai saber como é ter nude/vídeo vazado de uma colega de classe, enquanto todos os brasileiros que eu conheço já presenciaram isso, no meu caso foram diversas vezes que esse tipo de surpresa boa caiu na minha mão. O mesmo vale pro nosso Carnaval e Copa do Mundo. A zoeira brasileira sai de controle como em nenhum outro lugar do mundo, até porque boa parte dos países não permitem bebida alcoólica em público ou são frios demais para comportarem tais eventos. Festas boas e universitárias estilo American Pie nos E.U.A é que não vão ter. Só no nosso degenerado Brasil pra acontecer essas coisas e todo mundo achar normal e saudável.

Culto ao corpo


Roupas de qualidade são sempre secundárias para os brasileiros, enquanto um corpo definido é quase que obrigação para quem está solteiro. Foi ótimo crescer fazendo musculação nesse estimulante cenário, aqui na euro zone vejo pouquíssima gente se preocupando tanto com o corpo. De fato, é agradável ver uma mulherada torneada andando por aí, embora tenha gostado bastante de ver mulheres vestidas de burca frequentemente por aqui.

Pele no jogo

Brasil não é para amadores, esse país desenvolveu minha sagacidade como nenhum outro lugar seria capaz. Todos estão tentando te dar o golpe, de todos os lados possíveis. Empresas de telefonia cobrando minutos extras, colegas dando em cima da sua namorada, Estado enfiando a faca com os impostos, internet servindo menos da metade da velocidade vendida, funcionários tentando te processar, vendedores de loja querendo te empurrar promoções e trocando por outros itens, zé droguinhas de olho no seu relógio, ladrões de estepe, dentistas e cirurgiões dizendo que tem que fazer o procedimento, garçons colocando bebidas a mais na conta, e isso é só pra começar... Você até se cansa tentando manter a guarda levantada 24h, mas basta abaixar um pouco que já toma um cruzado no queixo e lembra que tem que resistir. Não tem muito o que fazer e inevitavelmente você acaba por tornar-se um homem casca grossa que minimiza os riscos desnecessários. Enquanto isso, no exterior a maioria das pessoas que conheci é completamente sem malícia (a não ser que sejam árabes ou chineses).

Natureza


Sempre admirei a natureza brasileira. Aquelas majestosas árvores, as praias que visitei, os rios em que nadei, as aconchegantes pracinhas das cidades do interior. Minha casa era repleta de plantas e sempre que eu viajava pra algum estado diferente tentava trazer uma mudinha pra completar a minha viva coleção. Certa vez trouxe de Porto Seguro sete mudas de Pau Brasil. Vale também para os animais. Aqueles pássaros cantando pela manhã eram sensacionais.

Isso era o bom do Brasil.

O resto é com vocês...
Bons ganhos e um grande abraçoo!

Comentários

  1. Grande burguês, és um verdadeiro gigante da blogsfera.

    Aprendi muito durante esses anos com suas dicas. Já estou salvando o conteúdo em PDF para consultar posteriormente.

    Bons ganhos, sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou manter o blog amigo, apenas postarei sem compromisso como sugeriram!
      Mas fique à vontade você é sempre bem vindo aqui e é tudo nosso!

      Bons ganhos e um grande abraçoo!

      Excluir
  2. Fala, burguês!

    Morando fora do Brasil e olhando em perspectiva, nem tudo é ruim no Brasil; e ainda as coisas ruins dão casco pra gente se virar por esse mundão.

    Mantenha o blog ao menos pra consultas futuras e/ou postagens esporádicas, você é um dos meus grandes influenciadores na blogosfera.

    Um abraço, amigo.

    Att,
    Ceariba.

    ResponderExcluir
  3. Burguês, meu amigo. Primeiramente, desejo tudo de bom na sua vida nova na Espanha. Em segundo lugar, achei muito interessante mesmo a forma como abordou as evidentes características boas de nosso país (comida, música, natureza), mas também conseguiu extrair perspectivas positivas de aspectos que não considerados os melhores de nossa sociedade ou povo.
    Apesar de ser um texto simples e pessoal, achei muito bom. A parte de você dizer que não dá a mínima para o que os músicos que você gosta pensam de política deveria ser um mantra para um bando cada vez mais numeroso de pessoas que estão ficando completamente perdidas com esse tipo de coisa. Chico Buarque , por exemplo, é genial, o que ele faz com a nossa língua em forma de música eu não sei se existe algo similar no estrangeiro. Se ele gosta do Lula, isso deveria ser indiferente para quem gosta de sua música.
    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Soul!
      Sempre bom te ter por aqui meu caro.
      Concordo plenamente com sua opinião sobre os artistas brasileiros.
      Ainda que não tenha colocado nos exemplos, sou grande fã da música do Chico também.

      Uma saudação!

      Excluir
  4. Puts, quando eu tô chegando o cara tá partindo,rs. Encontrei seu blog passeando pela net, espero que não deixe de publicar, conte um pouco sobre seu país de destino (caso não tenha contado, acabei de chegar,). Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar meu caro!
      Está chegando há pouco? Se sim, te dou às boas vindas e desejo que a blogosfera seja tão boa pra você quanto foi pra mim.

      Grande abraçoo!

      Excluir
  5. Muito legal o post, saiu um pouco do script padrão de detonar o Brasil para explicar o motivo de sair do país. Tu me fez perceber alguns detalhes que provavelmente sentiria falta e de agora em diante vou passar a apreciar mais.

    Boa sorte aí na Europa!

    ResponderExcluir
  6. O Brasil não era para ser tão ruim assim... o que estraga são as pessoas ! Pow espero que você tenha vontade/tempo de postar em breve !!

    ResponderExcluir
  7. Fala Burguês! Fiquei meio chateado que você vai deixar o blog de lado, mas eu te entendo, que você seja feliz na terra da espanhola e boa sorte! Um abraço, parça!
    PS: Essa Xuxa é uma putona gamer pedófela ainda por cima, quase quebra meu nofap com essas IBAGENS kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Paulo!
      Vou manter postando eventualmente.
      Obrigado pelos votos.

      Um grande abraço meu caro.

      Excluir
  8. Grande Burguês me ajudou muito desde da época do pobreta. (Que está prestes a voltar), não sei se recorda de mim e do meu blog que morreu faz tempo. Chega uma hora que torra o saco mesmo, te entendo.

    Poste pelo menos uma vez a cada trimestre.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que lembro amigo, bom te ter aqui!
      Farei isso!

      Grande abraçoo!

      Excluir
    2. O pobreta vai voltar??? Como seria chamado o novo blog? Tem data?

      Abrç

      Ps.: e não feche o blog por favor burguês!

      Excluir
  9. Ola Burguês, vai fazer grana como na Espanha?
    Um abraço e boa sorte na empreitada.

    ResponderExcluir
  10. Só uma curiosidade:

    Foi a violência o motivo chave de sua saída do Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi um ponto chave, ainda que eu esteja bem mais sossegado agora.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como Arrumar Ombros Protusos?